As vantagens de um Sistema Domotizado

A domótica é um conceito que permite ao utilizador efectuar a gestão de todos os recursos habitacionais. O termo “Domótica” resulta da junção da palavra “Domus” (casa) com “Telemática” (electrónica + informática). São estes dois últimos elementos que, quando utilizados em conjunto, rentabilizam o sistema, simplificando a vida diária das pessoas ao satisfazer as suas necessidades de comunicação, conforto e segurança.

Inicialmente os sistemas Domotizados visavam apenas efectuar o controlo da iluminação em que se implementavam funcionalidades de ON/OFF e de regulação de brilho e o controlo de estores motorizados em que se controlava a abertura ou fecho.

Com o evoluir da tecnologia foi estando disponível no mercado produtos que permitem integrar mais funcionalidades nas habitações, oferecendo actualmente um leque de funcionalidades imensas, em que praticamente é possível controlar tudo numa habitação.

ATEC sistema domotizado

Um sistema domotizado é um sistema que interliga todos os componentes eléctricos de um edifício.

Inicialmente, a única maneira de construir uma instalação domótica era através do uso de sensores e actuadores unidos por uma arquitectura centralizada a um autómato ou controlador, que continha toda a capacidade de processamento que se exigia à vivenda. Quase sempre se tratava de sistemas proprietários, em que as funcionalidades implementadas eram limitadas, muito pouco flexíveis e que tornavam o aumento das capacidades muito difícil e dispendioso.

Por outro lado existem sistemas em que os componentes estão distribuídos pela instalação eléctrica. É possível construir sensores e actuadores com inteligência suficiente para implementar "uma rede local" de controlo descentralizado. São equipados com minúsculos microcontroladores, dotados de programação para poderem interagir e decidir de forma autónoma. Com uma arquitectura descentralizada e apoiando-se em tecnologias ou padrões como o X-10, KNX, Lonworks, entre outros, a domótica ganhou em facilidade de uso e instalação, em flexibilidade, em interoperabilidade e em possibilidades de interligação, tendo sido reduzido o seu custo, aumentada a gama de produtos, de fabricantes e instaladores, que trabalham neste ramo.
Nas arquitecturas descentralizadas, as redes de controlo podem comunicar entre si através de cabos de pares entrançados, através da rede de alimentação com correntes portadoras, via rádio, fibras ópticas, cabos coaxiais, etc.

Sistema KNX

O sistema KNX é um sistema descentralizado que não requer qualquer unidade central de processamento. Cada participante da instalação tem o seu próprio microprocessador.

Uma instalação KNX é composta por sensores, actuadores e system devices.

ATEC Sensores

Os sensores são responsáveis por detectar as alterações ou comandos do edifício, por exemplo, comando de um botão de pressão, movimento, alteração da luminosidade, temperatura, humidade, etc. Os sensores transmitem telegramas para os actuadores que por sua vez executam os comandos apropriados.

Os actuadores são responsáveis por executar uma ação por mais simples que seja. Os actuadores controlam os equipamentos eléctricos. Podem variar em função do número de saídas que controlam, assim como por função e aparelhos que controlam, tais como dimmers, controladores de aquecimento, controladores de persianas ou estores, válvulas, etc.

Numa instalação os system devices de uma instalação KNX são normalmente a fonte de alimentação e os interfaces de ligação com o PC para programação, visualização ou controle, etc. A fonte de alimentação tem internamente um controlador de tensão e corrente, sendo por isso à prova de curto circuito. A fonte de alimentação tem um buffer que lhe permite ultrapassar pequenos cortes de energia. Toda a rede KNX é alimentada a 30 Vdc, sobre a qual os participantes da instalação efectuam as comunicações.

ATEC Comunicacoes

 

 

Quando a tecla sensor é accionada envia pelo cabo de bus um telegrama com informação para o actuador para que este actue da forma para que foi programado.

Os sensores são um componente imprescindível para o sistema domótico do edifício, dado que proporcionam a informação necessária para supervisionar e controlar o seu meio envolvente.

Sensores de toque por pressão, vulgarmente designados por teclas são os sensores mais vulgares e mais usados em domótica. Inicialmente estes sensores começaram por ser apenas microswicht incorporados nas aparelhagens que estão distribuidas pelas paredes. Com o evoluir da electrónica estes foram evoluindo e o microswicht foi dando lugar a sensores de toque em que se usam sensores capacitivos ou ópticos ou mesmo matrizes de sensores.

Os reguladores de temperatura ambiente medem e regulam a temperatura ambiente para uma zona de aquecimento elétrico direto (convetores, painéis radiantes, pavimento radiante, ...) ou a água quente (radiadores, pavimento radiante, ...) através de sensores de temperatura incorporados. Os sensores de temperatura são dispositivos que permitem ler temperaturas desde a criogenia (temperaturas muito baixas, próximas do zero absoluto) à fusão, incluindo a fusão nuclear. A forma de selecção do tipo de sensor mais conveniente para cada aplicação é também condicionada pelo tipo de ambiente onde este irá ser aplicado. Em termos gerais existem 3 grandes tipos de transdutores de temperatura: resistivos, termopares e termístores.

Os detetores de movimento e de presença são, actualmente, indispensáveis para o comando racional da iluminação. Estes sensores asseguram uma iluminação confortável e em função das necessidades correntes. O detector é um dispositivo especialmente desenhado para gerir a iluminação de corredores, salas ou qualquer outro espaço de maneira que os acionamentos se ajustem o melhor possível à circulação ou à presença humana continuada em cada zona. Quando montado à altura adequada, o detetor de movimento substitui um interruptor. Isto proporciona não só uma segurança adicional como também contribui para a poupança de energia: a iluminação só é usada quando é realmente necessária.

A deteção e segurança do ambiente é outro factor a ter em consideração. Sensores e alarmes podem ser usados, não só para obter segurança em relação a acidentes (detecções de inundações, incêndio, gases nocivos) mas também sensores da nova geração que permitem verificar a qualidade ambiental e de resíduos, o nível de humidade no ambiente e ou nas plantas, o consumo de energia “in Time”.

Os sensores de incêndio detectam sobretudo a presença de gases provenientes de combustão de materiais. A presença de gases alerta para a existência de fogo, o sinal de deteção pode posteriormente ativar sinais de aviso (sirenes, sinais luminosos) e ou ativar sistemas de combate a incêndio (aspersores automáticos) ou ainda alertar automaticamente as forças de segurança e ou proprietário para o perigo.

As estações meteorológicas em KNX disponibilizam informações meteorológicas tais como luminosidade, temperaturas, velocidade do vento e pluviosidade para serem usados pelos diversos aparelhos instalados no sistema. Adicionalmente pode receber sinais de hora e data e conseguem calcular a posição do Sol. Todos os valores podem ser usados para controlo da instalação KNX, sendo permitida a regulação de valores de referência.

A ATEC é uma entidade certificada pela KNX Internacional para o desenvolvimento de ações de formação nesta área. Conheça os cursos que desenvolvemos nossas instalações de Palmela e Porto:

- Domótica - Programação de Edifícios Inteligentes

- Domótica Avançada

- Domótica para Eletricistas

- Especialização em Domótica para Arquitetos

Partilhe esta informação

Os seus dados
Por favor preencha o seu nome
Por favor preencha o seu e-mail.
Destinatário
Por favor preencha o e-mail destinatário
Invalid Input
Verificação de segurança inválido. Por favor atualize a página e tente novamente.
A ATEC atua no respeito das normas nacionais de proteção de dados pessoais. Não trataremos qualquer dado pessoal aqui registado.

Partilhe Connosco
as suas necessidades

Empresa
Por favor preencha o seu nome.
Por favor preencha o seu e-mail.
Por favor preencha a sua função.
Por favor preencha a empresa.
Por favor indique o n.º de telefone.
Em que está a pensar
Por favor preencha o projeto/tema.
Por favor preencha o objetivo
Invalid Input
Invalid Input
Invalid Input
Invalid Input
Verificação de segurança inválido. Por favor atualize a página e tente novamente.
A ATEC atua no respeito das normas nacionais de proteção de dados pessoais. Os dados aqui colocados serão eliminados até seis meses após a sua utilização.
Para o exercício dos direitos de informação, acesso, retificação, eliminação ou oposição dos seus dados deverá enviar um e-mail para info@atec.pt.

Pedido de Informação

Por favor preencha o seu nome.
Por favor preencha o seu e-mail.
Por favor preencha a sua função.
Por favor preencha a empresa.
Por favor preencha o telefone.

Por favor escolha o seu pedido
Por favor preencha a mensagem.
Verificação de segurança inválido. Por favor atualize a página e tente novamente.
A ATEC atua no respeito das normas nacionais de proteção de dados pessoais. Os dados aqui colocados serão eliminados até seis meses após a sua utilização.
Para o exercício dos direitos de informação, acesso, retificação, eliminação ou oposição dos seus dados deverá enviar um e-mail para info@atec.pt.